Negociação de Emerson deve render mais de R$ 10 milhões aos cofres da Ponte

0

O departamento jurídico da Ponte Preta confirmou que o clube vai receber uma porcentagem da negociação do lateral-direito Emerson com o futebol Europeu. O jogador, de 20 anos, vai jogar por empréstimo no Betis nos próximos 6 meses e depois será negociado com o Barcelona. O advogado João Felipe Artiolli, em entrevista à Rádio Bandeirantes, disse que o contrato feito entre Ponte e Atlético-MG resguardou a alvinegra campineira em todos os aspectos e não há a possibilidade da Ponte perder dinheiro no negócio.

A transação gira em torno de 50 milhões de reais, mas impostos e comissões deixam o valor líquido em 40 milhões. Deste montante, a Ponte Preta tem garantido em contrato 12,5% que devem ser pagos pelo Atlético-MG. Mas a expectativa é de que o pagamento seja feito no segundo semestre de 2019. Isto porque o Barcelona só começará a pagar o clube mineiro no meio do ano.

Além disso, a Ponte vai receber 2,5% por ter sido um dos clubes formador do atleta. Este valor será pago pelo Barcelona em um prazo que varia de 60 a 70 dias da data da negociação.

Um ano atrás, quando Emerson foi negociado, a Ponte recebeu cerca de 4 milhões de reais do Atlético Mineiro.

As diretorias de Ponte e Atlético não confirmam valores, mas estima-se que Emerson rendeu entre 10 e 12 milhões de reais aos cofres da Macaca: 4 milhões na transação em 2018; 5 milhões na transação internacional e 1 milhão por ser o clube formador. Além disso, a Ponte conseguiu o empréstimo de Danilo Barcelos custeado pelo time mineiro na série B de 2018.

Comente com seu Facebook