O presidente Sebastião Arcanjo representou a Ponte Preta na reunião com o prefeito Jonas Donizete na tarde desta quinta-feira. O dirigente da Macaca deixou a reunião com otimismo e aguarda os próximos passos das autoridades sanitárias.

“Nós avaliamos que foi uma reunião positiva e podemos apresentar ao prefeito nosso protocolo médico com todo detalhamento técnico. É um projeto altamente científico e com base nas experiências internacionais”, explicou Tiãozinho no atendimento à imprensa na saída da reunião.

O dirigente pontepretano ressaltou que não há nenhum tipo de pressão para retorno dos jogos, mas a ideia é a liberação inicial dos treinamentos físicos presenciais para categorias profissionais nas próximas semanas.

“Nós temos que estar atentos ao fato que a cidade nos últimos dias teve uma evolução do número de óbitos e aumentou a taxa de ocupação da UTI. O futebol não pode estar alheio aos acontecimentos. Precisamos priorizar a vida e vamos tratar o retorno com responsabilidade. Não vamos pressionar o prefeito para tomar nenhuma decisão precipitada”, reafirmou.

Após avaliação do prefeito Jonas Donizete dos protocolos criados pelos clubes de Campinas, todos os documentos serão repassados para equipe técnica da Secretaria de Saúde. Uma nova reunião, com a participação dos médicos de Ponte Preta e Guarani, será agendada na próxima semana.

“Estamos otimistas no sentido de iniciar na próxima semana a testagem dos nossos jogadores e a partir do segundo comando iniciar a fase de treinamentos. Começa com um grupo reduzido de atletas, sem treinamento com bola, para depois avaliar a evolução dos quadros e tomar providências em conjunto com todas autoridades”, finalizou Tiãozinho.

Reportagem de Júlio Nascimento

Comente com seu Facebook