MP descarta punir Ponte por confusão no Majestoso, mas vai investigar presença da organizada

0

por júlio nascimento

O Ministério Público não vai apresentar denúncia contra a Ponte Preta e solicitar perda de mando pela confusão do último domingo envolvendo torcedores organizadas do clube com palmeirenses antes da partida entre Palmeiras e Red Bull pelo Campeonato Paulista. As informações foram confirmadas pelo promotor Dr. Paulo Castilho em contato com a reportagem.

Ao Portal CB, Castilho explicou que o clube mandante, neste caso o Red Bull, é o responsável por manter a ordem e segurança nas cercanias do estádio. “Em verdade a Ponte Preta não tem nada a ver com o jogo. Eventual responsabilidade seria do clube mandante, responsável por manter a ordem e segurança em sua praça esportiva”, garantiu.

O Red Bull aluga o Majestoso para jogos do Paulistão e, por isso, fica caracterizado como mandante. Ainda assim, o Ministério Público vai investir porque a torcida organizada da Ponte Preta estava presente nas proximidades do campo sendo que o clube não tinha jogo agendado para domingo.

Comente com seu Facebook