Mesmo com Mendes em baixa, Guarani está entre os melhores ataques da Série B

0
Créditos: Letícia Martins/Guarani Press

por júlio nascimento

A falta de equilíbrio no Guarani fica mais evidente nos números. O time de Umberto Louzer sofreu 20 gols e está entre as três piores médias defensivas da Série B, mas o ataque é um dos mais positivos na competição.

Mesmo com o centroavante Bruno Mendes tendo marcado um único gol em 11 jogos, o ataque do Guarani ostenta a terceira melhor média do Campeonato Brasileiro. Foram 23 gols marcados. O Bugre só não fez mais gols do que Atlético-GO (26), Avaí , Figueirense (24) e CSA (23).

Com Bruno Mendes em crise técnica, Anselmo Ramon machucado e Marcão ainda sem ritmo, a atribuição dos gols bugrinos é bem dividida. Rafael Longuine, com quatro gols, é o artilheiro do Bugre. Ele é seguido por Rondinelly, Caíque, Nazário, Ricardinho, Guilherme e Anselmo Ramon (2), além de Bruno Mendes, Matheus Oliveira, Pedro Bortoluzzo, Pará e Denner (1).

O ataque do Guarani demonstra regularidade. O Bugre só não balançou as redes em dois jogos: São Bento (empate em 0 a 0) e Juventude (derrota por 1 a 0).

Das cinco derrotas na competição, o time de Louzer só não marcou contra o Juventude. Contra Ponte Preta (3 a 2), Atlético-GO (3 a 2), Figueirense (3 a 2) e Fortaleza (2 a 1) não deixou de balançar as redes dos adversários.

Comente com seu Facebook