Após a saída de Davó, o ataque do Guarani receberá um novo titular na sequência da Série B.

A vaga deixada pelo camisa 30 abriu forte concorrência com jogadores de diferentes estilos. Lucão do Break é o centroavante com maior presença de área, Andrigo surge para fortalecer o meio-campo e Matheus Souza também se diz apto para a posição por ter jogado centralizado na base.

“Eu já fiz essa função e estarei pronto se surgir a oportunidade de fazê-la. Mas respeito os outros atletas também. Creio sim que pode surgir essa oportunidade e vou continuar trabalhando para ser uma opção”, explicou Matheus Souza em entrevista coletiva.

O jovem atacante diz que não se intimida com a briga pela titularidade. O atleta ressaltou que a briga sadia faz bem inclusive para a campanha da equipe na Série B.

“A titularidade não está definida e dia após dia todo mundo está trabalhando. Eu estou em um grupo muito dedicado e isso é positivo para o professor Daniel (Paulista) escolher as melhores opções. O grupo é bem qualificado”, completou.

Em busca do primeiro gol, Matheus Souza disputou 17 partidas no time principal e diz que compreende o alto nível de cobrança dos torcedores.

“Claro que a gente analisa jogo após jogo e eu sei que a cobrança vai existir por conta do gol. Mas o gol vai sair com naturalidade e não estou me cobrando quanto a isso. Eu sei da minha qualidade e do meu potencial. É uma questão de tempo e sei que meu desempenho está legalzinho”, completou.

Titular na derrota para o Vasco da Gama na última rodada, Matheus Souza quer uma rápida reação logo na partida contra o Vila Nova, sábado, no Brinco de Ouro.

“A gente sabia que seria um jogo muito difícil diante do Vasco no Rio de Janeiro. Estávamos melhor na partida, mas infelizmente tivemos alguns pontos que pecamos um pouco e sofremos os gols. Mas agora temos dois jogos difíceis em casa e vamos procurar pontuar para se manter em cima da tabela”, encerrou.

Foto de Marcos Ortiz/Guarani FC

Comente com seu Facebook