O Guarani segue em busca de um novo treinador para sequência da Série B do Campeonato Brasileiro. Após demitir Daniel Paulista na semana passada, a diretoria realizou contatos com treinadores que foram trazidos à mesa do Conselho de Administração, mas sem sucesso.

O primeiro nome consultado foi Jorginho Campos. O ex-treinador de Ponte Preta, Coritiba e Vasco da Gama é desejo antigo do presidente Ricardo Moisés. No entanto, Jorginho agradeceu o convite e disse que espera por uma proposta do exterior nas próximas semanas.

A diretoria também conversou com Marquinhos Santos, ex-América, mas se assustou com os valores. O jovem Matheus Costa acenou positivamente com a possibilidade de assumir a equipe, mas a diretoria recuou por entender que se trataria de um comandante do mesmo perfil de Daniel Paulista.

A ideia é chegar em nome de consenso até o final de semana. Treinadores como Pintado, Elano e Vinicius Bergantin seguem em pauta. Para o jogo contra o Tombense, o auxiliar Ben-Hur Moreira segue no comando da equipe.

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Comente com seu Facebook