Magnum cogita desistência de gestão compartilha, mas deve manter patrocínios no Guarani

0

por júlio nascimento

UNIONE SEGUROS

CLIQUE E FAÇA SUA COTAÇÂO

O tão demorado processo de gestão compartilhada no Guarani pode perder um dos seus candidatos. O empresário Roberto Graziano, da Magnum, estuda a possibilidade de oficializar sua desistência pelo poder do futebol do Bugre.

A decisão, no entanto, não afeta nos patrocínios da Magnum, que também está envolvida no projeto urbanístico do Brinco de Ouro desde que arrematou o local em 2016.

Magnum e Elenko Sports ficaram perto de iniciar a votação pela gestão compartilhada em agosto do ano passado, mas após um longo imbróglio envolvendo Conselho de Administração e Conselho Deliberativo, a votação passou a ser adiada várias vezes.

O processo de parceria congelou em 2019 e o Guarani passou a evitar trabalhar com datas. Nos bastidores houve até uma aproximação entre Magnum e Elenko Sports, que cogitam administrar a carreira do atacante Davó em conjunto.

Oficialmente, Guarani e Magnum não confirmam a desistência.

Comente com seu Facebook