Livre das dores, Renato Cajá está liberado para voltar à Ponte

0
Renato Cajá e Dr. Roberto Nishimura posam para foto na coletiva que confirmou o retorno do meia aos treinos

A reapresentação pontepretana nesta terça-feira foi marcada pela liberação clínica do meio Renato Cajá. O jogador, que vinha tratando de dores no joelho esquerdo, estava foram do time desde o dia 6 de agosto, quando foi substituído no segundo tempo do jogo contra o Vasco.

Renato Cajá teve uma tendinite patelar do joelho esquerdo. O tratamento em casos como o dele, de grau um, é feito por meio de repouso e fisioterapia. Nas últimas duas semanas, o jogador ficou entregue o departamento médico e está sem dores. “O tendão do Cajá tem bom aspecto e o procedimento cirúrgico está totalmente descartado. Existem muitas outras formas e fases de tratamento para este tipo de lesão. Ele procurou o departamento para dizer que não sente mais dores e por isso estamos liberando o jogador para as atividades”, disse o doutor Roberto Nishimura, chefe do departamento médico pontepretano.

O meia alvinegro confirmou que já vinha sentindo dores antes mesmo de entrar em tratamento. O joelho dele vem passando por uma sobrecarga desde que o meia teve outra lesão, na coxa, ainda na reta final do Paulistão.
Cajá ainda não sabe se retorna à equipe no jogo deste domingo diante do Atlético Mineiro. O afirmou que a Macaca pode render mais do que o que vem apresentando no Brasileirão. “Precisamos melhorar. Ainda não é a Ponte que vivi anos atrás”, disse o meia alvinegro.