Lisca faz mistério e promete mudanças em todos os setores

0
Atacante Rafael Silva está recuperado de lesão e pode retornar ao ataque do Bugre

O Guarani teve apenas um treino entre a derrota para o Náutico no final de semana e o jogo desta terça diante do ABC de Natal. No trabalho, Lisca preferiu fechar os portões do Brinco de Ouro e fazer mistério com relação à escalação. “Desculpa por fechar o treino, eu não costumo fazer isso, mas até pela ausência do Bruno (Nazário) tive que fazer uns testes e, pelo momento, melhor manter a equipe em aberta”, disse o treinador.

A grande baixa do time é o meia Bruno Nazário, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Kevin e Denner são os mais cotados para assumirem uma vaga no meio campo.

Na defesa, William Rocha participou do trabalho de aquecimento, dando indícios de que está recuperado de lesão. Outro que também tem chances de retornar à equipe é o atacante Rafael Silva, liberado pelo departamento médico.

Há oito jogos sem vencer, o Bugre acumula outro dado negativo: o time não marca um gol há mais de 350 minutos. A última vez que os alviverdes balançaram as redes foi quatro rodadas atrás, na derrota para o Paysandu, quando Bruno Nazário fez um gol logo aos cinco minutos de jogo. O recente baixo rendimento do setor ofensivo coloca o Guarani como terceiro pior ataque da série B.

Mais preocupante que isso é a situação na tabela de classificação. Qualquer resultado que não seja a vitória diante do lanterna ABC coloca o time na zona de rebaixamento.