Lisca estreia no Bugre com mudanças entre os titulares

0
Recuperado de lesão, Bruno Mendes vira principal referência no ataque do Bugre

O jogo do Guarani contra o Náutico em Caruaru vai marcar o início do comando do técnico Lisca à frente do Bugre. No entanto, o treinador não vai poder dirigir o time do banco de reservas. Isto porque a rescisão do contrato do treinador com o antigo clube, o Paraná, só saiu na tarde desta sexta e não houve tempo dele ser registrado pelo Guarani no Boletim Informativo Diário da CBF.

Apesar da ausência do treinador no banco, o Guarani já teve ter novidades na maneira de jogar. “Nós diminuímos os espaços na defesa, para evitar troca de passes do adversário”, disse o treinador em coletiva antes da viagem para Pernambuco.

Ao longo da semana, três atacantes alviverdes foram vetados pelo departamento médico: Paulinho, Eliandro e Rafael Silva. Por outro lado, Bruno Mendes está recuperado de lesão e assume um lugar como referência no ataque.

A outra mudança será na lateral esquerda. Kevin, que vinha sendo improvisado no setor, será deslocado para uma linha à frente e Richarlyson ganha nova oportunidade. “Pela experiência e pelos índices físicos, nós vamos começar com o Richarlyson. Conversei bastante com ele, principalmente para não dar espaços para as subidas do adversário”.

Lisca ainda não confirmou quem serão os onze que entram em campo, mas a tendência é de que o Bugre comece a partida com Vágner, Lenon, Ewerton Páscoa, Diego Jussani e Richarlyson; Baraka, Evandro, Fumagalli e Bruno Nazário; Kevin e Bruno Mendes.

Com 34 pontos e a sete partidas sem vencer, o Guarani corre o risco de entrar na zona de rebaixamento se perder para o Náutico e os adversários diretos tiverem sucesso na rodada.