Lenon, Nazário e Bruno Mendes: presidente Palmeron fala sobre saídas no Guarani

0
Foto: Letícia Martins - Guarani Press

O Guarani vive um momento de transição que tem deixado o torcedor apreensivo. A diretoria bugrina anunciou o empréstimo do lateral-direito Lenon ao Vasco da Gama até o final do ano e mais gente pode deixar o Brinco de Ouro. Quem admite é o próprio presidente Palmeron Mendes Filho em entrevista à Rádio Bandeirantes AM 1170.

O próximo da lista é mesmo Bruno Nazário. O jogador tem vínculo com o Guarani até o dia 30 de junho e voltará ao Hoffenheim, da Alemanha, antes de ser repassado para outro clube. Nazário, no entanto, ainda pode se despedir do torcedor. A expectativa é que ele esteja à disposição contra o Avaí e diante do Boa Esporte.

“Sobre o Nazário já é de conhecimento de todos que ele dificilmente ficará. Logicamente torcemos pela recuperação dele, que está muito boa, porque esperamos contar com ele em mais alguns jogos antes da saída”, declarou Palmeron. O presidente tentou prorrogar o vínculo até o final da Copa do Mundo junto ao clube alemão, mas sem sucesso.

Outros dois jogadores que recentemente agitaram os bastidores do Brinco de Ouro, Bruno Mendes e Rodolfo Castro seguem com as situações indefinidas. O mandatário bugrino garante que nenhuma proposta oficial chegou pelo atacante e nem mesmo pelo goleiro. “Não há nada de concreto e não há proposta. Esperamos contar com os dois até o final da Série B”, completou.

O Guarani entra em campo na próxima rodada nesta quinta-feira, 21h, diante do São Bento, no Brinco de Ouro.

Comente com seu Facebook