Leandro Amaro marca 2, mas Guarani arranca empate com o Mirassol

0

 

Debaixo de um forte calor, o Guarani ficou no empate em dois a dois com o Mirassol na casa do adversário. A expectativa era de que o Bugre manteria o embalo depois da boa vitória na última rodada sobre o São Paulo no Pacaembu. Mas os alviverdes oscilaram ao longo da partida e  arrancaram um empate com o Mirassol em um lance polêmico, já nos acréscimos do segundo tempo.

Com o ponto somado, o Bugre chega aos 7 pontos. A equipe entra momentaneamente na zona de classificação do Grupo B, mas aguarda o jogo do Novorizontino neste segunda contra o Oeste para confirmar a colocação.

Agora, a equipe tem uma semana, pela primeira vez desde que o Paulistão começou, para se preparar para o próximo compromisso, no domingo às oito da noite quando o time recebe o Botafogo de Ribeirão Preto.

O JOGO

O Guarani começa de maneira lenta o jogo. O Mirassol tem mais posse de bola, mas também não assusta de maneira efetiva. A primeira boa oportunidade dos donos da casa sai aos 17 minutos; após o chute de fora da área, Kléver defende, Wilson pega o rebote e o goleiro bugrino faz nova defesa.

Aos 24, o goleiro Klever nada pode fazer quando Leandro Amaro, da entrada da pequena área, está esperto para cabecear pro gol.

O Bugre só começa a jogar de maneira ofensiva depois que toma o gol. Felipe Amorim chuta de fora da área e o goleiro do Mirassol evita o empate. Depois, Lucas Crispim tem chance ainda melhor, quase na marca do pênalti, mas a bola raspa a trave.

Mas o Mirassol também sobe ao ataque e Willian Alves, de cabeça, quase amplia o marcador. Ainda no primeiro tempo, o Guarani perde o goleiro Klever, com uma contusão na mão. A primeira etapa termina com vantagem dos donos da casa.

O Guarani volta mais ofensivo para o segundo tempo e consegue o empate logo aos 3 minutos. Thiago Ribeiro chuta de fora da área, a bola sobe demais e encobra o goleiro.

O Mirassol tem mais uma boa chance com Leandro Amaro que novamente tenta ded cabeça mas desta vez a bola sobe demais. Depois de levar o empate, os donos da casa voltam a partir pro ataque. Jean Carlos tenta de fora da área e a bola passa perto.

No escanteio, aos 23 minutos, Leandro Amaro novamente marca o gol do Mirassol depois da falha de marcação da defesa bugrina. O Mirassol consegue controlar o jogo e a vantagem e até esteve em mais condições de marcar outro gol, enquanto o Guarani parece encontrar dificuldades físicas no forte calor do interior paulista.

Mas, no final do jogo, após um cruzamento da esquerda, o juiz vê pênalti a favor do Guarani, num toque de mão de Carlos Renato. Na cobrança, Diego Cardoso não desperdiça e empata o confronto.

MIRASSOL X GUARANI

Campeonato Paulista Série A1 – 5ª rodada

Data: domingo, 03 de fevereiro

Horário: 11 horas

Local: Estádio José Maria de Campos Maia – Mirassol

Árbitro: Thiago Luis Scarascati – SP

Auxiliares: Fabio Rogerio Baesteiro e Daniel Paulo Ziolli – SP

Cartões amarelos: Diego Giaretta, Thiago Ribeiro

Gols: Leandro Amaro, 24 minutos 1º tempo; Thiago Ribeiro, 3 minutos 2º tempo; Leandro Amaro, 23 minutos 2º tempo; Diego Cardoso, 47 minutos 2º tempo

MIRASSOL: Tiago Cardoso; Daniel Borges, Willian Alves, Leandro Amaro e Carlos Renato; Riccieli, Simião, Yuri (Lelê) e Jean Carlos (Carlão); Rodolfo e Wilson (Felipe Augusto). Técnico: Moisés Egert

GUARANI: Kléver (Giovanni); Léo Príncipe, Diego Giaretta, Ferreira e William Matheus; Romisson, Ricardinho e Thiago Ribeiro; Felipe Amorim (Inácio), Lucas Crispim e Diego Cardoso. Técnico: Osmar Loss

Comente com seu Facebook