Kleina se diz satisfeito com contratações, mas evita projeções no Paulistão: ‘Um jogo por vez’

0
Foto: Pontepress

A Ponte Preta estreia no Campeonato Paulista nesta quinta-feira, em casa, diante do Santo André. A bola vai rolar às 19h para o pontapé inicial da Macaca no Estadual.

CAFÉ MORAES

O técnico Gilson Kleina, mantido após a transição das diretorias, elogiou a reformulação realizada pelo departamento de futebol – comandado pelo executivo Gustavo Bueno.

“É importante iniciar o trabalho junto com todos os profissionais com quem nós trabalhamos. E, claro, o Gustavo Bueno não mediu esforços no mês de dezembro para trazermos esses atletas. É um trabalho árduo. Fico muito satisfeito pelas contratações. Como sempre venho falando, o maior desafio, agora, é que essa equipe dê liga”, explicou.

Kleina evitou realizar projeções de classificação para o Paulistão e adotou o discurso de um jogo por vez. “Que possamos crescer a cada partida. O mais importante de crescer é ter o resultado aliado, o que é muito importante. Só nós, aqui dentro, sabemos que vai precisar de algumas situações para que a equipe tenha um encaixe e evolução. Que seja coesa e equilibrada. Ao mesmo tempo, conversei com todos atletas. Queremos fazer um ano diferente e dar resposta diferente”, reiterou.

Escolhido para iniciar como treinador no ano que o clube completa 120 anos, o comandante pontepretano admitiu que tem passado um pouco sobre a representatividade que o clube tem para a torcida.

“Todo jogador que venha jogar na Ponte precisa entender qual é o momento e a história. Passamos muito bem isso aí. Este ano é especial. São 120 anos de Ponte Preta. Nós chegamos muito próximos de termos grandes conquistas nesta década”, encerrou.

Comente com seu Facebook