Kleina garante ambiente político estável e faz pedido ao elenco antes do dérbi: ‘Entrega ao máximo’

0

Gilson Kleina concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, no Moisés Lucarelli, na véspera do clássico contra o Guarani. O comandante pontepretano garantiu que o ambiente político está estável após a transição entre os presidentes, deu pistas sobre a escalação e descartou qualquer favoritismo para um dos lados do clássico.

PRESSÃO
Desde o apito final da partida contra o São Bento nós começamos a preparação para enfrentar o Guarani. É um sentimento grande do torcedor e existe uma grande mobilização na cidade. É um grande jogo de duas equipes tradicionais. Temos consciência da nossa responsabilidade e precisamos transformar toda a pressão em um aspecto positivo.

ROGER E CAJÁ
Claro que não vamos abrir tudo em relação ao plano de jogo, mas algumas coisas não tem como esconder, né? O Renato Cajá foi poupado pelo desgaste que vinha sofrendo no último jogo e o Roger também estava cumprindo suspensão. São dois jogadores que conhecem o clássico e estarão em campo.

FORMAÇÃO TÁTICA
Nós estamos trabalhando uma situação que já trabalhamos com três volantes e outra com apenas dois volantes. Não tivemos um desempenho positivo nos últimos jogos pela quantidade de formatação e trocas. Não dá para cravar aqui, mas não queremos fugir do nosso principio tático para esse jogo.

AMBIENTE POLÍTICO
Todos sabem da transição no comando de presidente e precisamos nos blindar também. Que isso nos torne uma equipe também sólida, com plataforma e espinha de cima para baixo em busca de um norte. Fomos respaldados e temos todas condições para realizar um grande trabalho no jogo de amanhã.

FAVORITISMO
Quando se fala de uma partida da grandeza do dérbi eu não consigo falar em favoritismo. Há sempre um equilíbrio muito grande e o fato de jogar na casa deles, com torcida única, não deixa de ser um diferencial. Eu já vi de tudo acontecer em grandes clássicos. Espero que a garotada e a equipe possam estar com foco e vontade de vencer bem aflorado.

ÁRBITRO POLÊMICO
Ricardo Marques RIbeiro é um profissional experiente e está estudando o dérbi desde já. Ele sabe quais são os jogadores diferentes e quem se posiciona mais na partida. É um profissional que consegue o clássico e o peso de um Guarani e Ponte Preta. Ele precisará ser bem disciplinador e evitar o jogo desleal

Comente com seu Facebook