Júri popular decide por condenar torcedores da Ponte por morte de bugrino

0
Anderson Ferreira, de 28 anos, foi morto a golpe de barras de ferro e pedradas

Foi encerrado na noite de ontem o júri popular sobre a participação de torcedores da Ponte Preta na morte do bugrino Anderson Ferreira, de 28 anos, em 2012 após um dérbi da categoria de base dos dois times. Sete torcedores foram condenados a 19 anos de prisão pelo crime cometido há sete anos. Os últimos foram Carlos Daniel e Bruno Batista que foram interpelados por um júri de sete pessoas.

UNIONE SEGUROS

A defesa dos réus já garantiu que vão recorrer da sentença dada e adiantou que a estratégia será tentar desqualificar o crime de homicídio para lesão corporal seguida da morte.

Quatro dos sete acusados esperavam pelos recursos em liberdade após a sentença, mas o Tribunal de Justiça protocolou um pedido da Promotoria Pública com mandado de prisão, mas eles não foram encontrados e são considerados foragidos.

 

Comente com seu Facebook