O Guarani apresentou nesta quinta-feira mais uma opção para o sistema ofensivo. O atacante Júlio César, emprestado pelo Portimonense, está à disposição do técnico Allan Aal.

Júlio César desembarca no Brinco de Ouro para ser uma opção para os lados do ataque bugrino.

“Eu gosto de jogar pelas beiradas tanto pelo lado direito como esquerdo, mas faço também a parte centralizada e ajudo na armação. A única função que nunca exerci foi de centroavante e seria em último caso. Mas eu me sinto bem jogando pelos lados e quero ajudar”, explicou.

O atacante foi destaque pelo Atlético Goianiense em 2018 quando terminou a temporada com oito gols, seis assistências e 48 partidas. Mas depois, atuando por Ponte Preta e outras equipes, foi mais discreto.

“O meu melhor ano foi em 2018 quando tive uma sequência de 36 jogos no Campeonato Brasileiro, mas depois acabei me lesionando e esse foi meu fator principal para que eu não tenha dado continuidade ao meu bom momento”, relembrou.

Júlio César também citou que, apesar dos poucos jogos em Portugal, amadureceu seu futebol e agora traz lições após seu período no exterior.

“Espero que em 2021 tudo possa ser diferente, eu não tenha lesões e consiga emplacar uma boa sequência no Guarani. Eu tive uma passagem no futebol europeu onde o ritmo é diferente, o posicionamento e a cadência, mas acredito que eu tenha aprendido muito durante esse período e quero dar meu melhor”, completou.

O atacante de 26 anos também confia na recuperação do Bugre após a derrota na primeira rodada para o Ituano.

“Eu sei do potencial de cada jogador aqui dentro e estou aqui para ajudar. Vou sempre procurar dar o meu melhor não só para mim, mas também para todo o grupo”, encerrou.

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Comente com seu Facebook