Jorginho admite mudanças contra o Paraná e elogia Roger: ‘Ele sabe fazer gols’

0
Foto: Ponte Press

Jorginho encerrou a preparação da Ponte Preta para o confronto diante do Paraná, amanhã, às 16h30, no Moisés Lucarelli, em jogo válido pela quinta rodada da Série B. O treinador deve promover de duas a três mudanças em relação ao time que venceu o Operário na semana passada.

ESPEL ELEVADORES

Airton entra na vaga de Reginaldo, vetado pelo departamento médico, enquanto Roger e Marcondele são novas possibilidades no sistema ofensivo da Macaca. “Eu treinei três times diferentes com diversas variações de posicionamento e peças. Ainda estamos nas últimas avaliações físicas e do adversário para decidir, mas gostei muito do que vi principalmente nos dois últimos dias”, disse Jorginho.

A provável Macaca tem Ivan; Arnaldo, Renan Fonseca, Airton e Abner; Edson e Gérson Magrão; Marcondele, Matheus Vargas e Rafael Longuine (Matheus Oliveira); Roger.

“Estamos felizes com a presença do Roger porque ele sabe fazer gols e conhece a posição. É um atacante que vai desempenhar diversos papéis também como líder dentro e fora de campo. É pontepretano, tem identidade e artilheiro”, elogiou o comandante pontepretano.

A Macaca tenta emplacar pela primeira vez na Série B duas vitórias consecutivas e terá novamente um encontro com seus torcedores. “Nos últimos jogos os horários e as condições não ajudaram, mas sabemos que neste sábado temos uma oportunidade de contar com o apoio da torcida e esperamos por essa contribuição”, explicou Jorginho.

O treinador pontepretano também ressaltou que o departamento de futebol está atento com as possibilidades do mercado para contratações e saídas. Thalles e Tiago Real receberam sondagens de América-MG e CSA, respectivamente. Não é descartada negociações durante a parada para Copa América.

“É uma realidade que não temos apenas na Ponte Preta ou na Série B. É uma realidade do futebol brasileiro e os clubes da Série A também estão sofrendo com assédio da Europa ou de outros clubes. Meu desejo é que a gente não perca ninguém, mas sei que alguns jogadores estão sendo cobiçados e dificilmente vão ficar. Porém, estamos trabalhando, atentos e integrados com as categorias de base para reposição”, encerrou.

Comente com seu Facebook