Interino, Brigatti é quem tem o melhor aproveitamento na Ponte Preta nos últimos 15 meses

0
Foto: PontePress

por júlio nascimento

Enquanto avalia o mercado em busca de soluções para o elenco e comissão técnica, a Ponte Preta contará com João Brigatti no comando técnico pela terceira vez só em 2018. A considerar-se pela nova moda no futebol brasileiro, o ex-goleiro será avaliado conforme os resultados na Macaca e tem os números ao seu favor.

Brigatti é quem tem o melhor aproveitamento como treinador da Ponte Preta desde Felipe Moreira, demitido em março do ano passado. Ele supera treinadores consagrados como Gilson Kleina e Eduardo Baptista, além do próprio Doriva que foi demitido na última terça-feira.

Confira o aproveitamento dos técnicos nos últimos dois anos:

  1. Felipe Moreira – 62,5% de aproveitamento – 8 jogos (4 vitórias, 3 empates e 1 derrota)
  2. João Brigatti – 55,5% de aproveitamento – 12 jogos (5 vitórias, 5 empates e 2 derrotas)
  3. Gilson Kleina – 44% de aproveitamento – 37 jogos (13 vitórias, 10 empates e 14 derrotas)
  4. Doriva – 33,3% de aproveitamento – 11 jogos (3 vitórias, 2 empates e 6 derrotas)
  5. Eduardo Baptista – 30% de aproveitamento – 28 jogos (6 vitórias, 9 empates e 13 derrotas)

João Brigatti conquistou 20 dos 36 pontos que disputou e de quebra faturou o título do Troféu do Interior. Seu conhecimento de casa é um ponto favorável para sua permanência, mas parte da diretoria acredita que ainda falte experiência como treinador pensando na sequência da Série B.

O momento do futebol brasileiro, no entanto, respalda Brigatti. Times como Atlético-MG e Flamengo, com Thiago Larghi e Barbieri, respectivamente, estão apostando em treinadores interinos. O atual bicampeão paulista e brasileiro Corinthians também apostou na efetivação de Fábio Carille e obteve sucesso.

Mesmo assim, a Macaca avalia no mercado nomes como Marcelo Chamusca e Mazola Junior antes de tomar a decisão definitiva. A ordem no momento é de dar confiança para João Brigatti e avaliar o comportamento principalmente nos dois próximos jogos: contra Oeste e Goiás, ambos no Majestoso.