O dérbi 201 não será um jogo a parte no campeonato para o Guarani como diria o saudoso Osvaldo Alvarez, mas sim uma partida decisiva para as pretensões da equipe na Série B de 2021.

Com a vitória diante do CSA e tropeços de Sampaio Corrêa e CRB, o Bugre assumiu a sexta colocação com 37 pontos e está a três da equipe de Allan Aal, primeiro time no G4.

Em caso de dobradinha no dérbi – já que venceu o do primeiro turno no Brinco de Ouro, o Guarani tem altas chances de entrar no grupo de classificação.

Para que isso ocorra, além de fazer sua parte no sempre disputado clássico, o time de Daniel Paulista precisa torcer por empate ou derrota do Avaí contra o Remo, além de uma derrota do CRB para o Vasco da Gama do estreante Fernando Diniz.

Para continuar subindo na tabela, o Guarani se inspira na campanha de 2009, comandado na época pelo já citado Vadão. Foi a última vez que o Bugre conseguiu a dobradinha: venceu no primeiro turno por 1 a 0 no Moisés Lucarelli e somou três pontos no segundo turno vencendo por 2 a 1 no Brinco de Ouro. A campanha terminou com acesso na Série B.

Há 12 anos o Guarani aparecia na segunda colocação após 23 rodadas com 43 pontos – seis a mais em relação ao atual desempenho. No entanto, a campanha atual marcou o mesmo número de gols em 23 jogos (34 gols marcados) e sofreu um a menos (27 contra 28 da época).

Comente com seu Facebook