Hoffenheim acena com saída, e Guarani pode perder Nazário em 8 rodadas

0
Foto: Luciano Claudino/Estadão Conteúdo

A passagem de Bruno Nazário no Brinco de Ouro já contabiliza quase 18 meses. Se dependesse da vontade dos dirigentes e de boa parte da torcida bugrina, o camisa 11 ficaria no clube até dezembro. Mas o Hoffenheim, dono dos direitos econômicos do jogador, já pensa diferente.

O clube alemão travou as conversas por renovação com o Guarani após a valorização de Nazário no mercado da Série A. Apesar do distanciamento do Corinthians, maior interessado em março, Atlético-PR e Botafogo surgiram como possíveis destinos do meia de 23 anos.

Com contrato com o Bugre até o dia 30 de junho, a despedida de Nazário está inicialmente agendada para o confronto contra o Boa Esporte pela 13ª rodada da Série B. Neste espaço, a equipe deve contar com o meia contra Goiás, CRB, Juventude, CSA, Vila Nova, São Bento e Avaí.

Publicamente, Nazário evita qualquer tipo de comentário sobre seu futuro e reafirma estar focado apenas no Guarani neste momento. As negociações estão nas mãos do staff e do próprio Hoffenheim.