Guarani volta aos trabalhos com expectativa de reforços que saíram do DM

0
Fumagalli reafirma bom ambiente no Bugre apesar de sequência ruim do Guarani na série B

Depois de sofrer a quarta derrota consecutiva no Brasileiro da série B, o elenco do Guarani se reapresentou na tarde desta segunda-feira de olho no segundo jogo do returno que ocorre no próximo sábado diante do Santa Cruz no estádio Brinco de Ouro.

Os titulares fizeram apenas um trabalho leve, enquanto aqueles que não participaram de toda a partida diante do Brasil fizeram um jogo-treino contra o Palmeiras.

A expectativa ficou por conta dos atletas que se recuperam de lesão e que já podem voltar ao time titular no sábado. O atacante Rafael Silva está em período de transição e tem grandes chances de voltar a ser relacionado no próximo sábado.

A dupla de zagueiros Ewerton Páscoa e William Rocha também estão recuperados e devem retornar à equipe. O setor defensivo, por sinal, foi um dos assuntos abordados na entrevista coletiva concedida pelo capitão do time, Fumagalli. Ainda mais porque nos últimos resultados negativos, o Bugre tomou gol nos minutos finais. Nas quatro derrotas consecutivas, em três delas (contra Londrina, Luverdense e Brasil) o time levou os gols nos dez minutos finais do jogo. “É o sistema defensivo, não é culpa da defesa ou do goleiro, é o grupo. Estamos cometendo erros, individuais e coletivos, e tem também o fator psicológico que não vem bem pela falta de vitórias”, disse Fumagalli, transferindo  responsabilidade das derrotas para toda a equipe.

Fumagalli também precisou responder perguntas sobre possíveis problemas internos do clube que podem estar interferindo no rendimento do time. O camisa dez do Bugre negou que o elenco tenha questões de relacionamento: “Nosso ambiente é o mesmo desde o início da competição. Precisamos de vitórias, são sete jogos sem, precisamos desta vitória para apagar tudo isso e seguir nos trilhos”.

Comente com seu Facebook