O Guarani apresentou mais dois reforços para a disputa do Paulistão.

Um dos nomes é o experiente Vladimir. O goleiro de 34 anos é pentacampeão paulista vestindo a camisa do Santos e também venceu um estadual jogando pelo Avaí em Santa Catarina. Ele foi escolhido por essa bagagem para substituir o lesionado Pegorari.

“Eu ainda não tive a oportunidade de conversar com o Pegorari, mas fiquei muito triste pela lesão dele. Estou aqui para ajudar o Guarani e quero fortalecer o grupo seja jogando ou não. O atleta profissional sempre precisa provar o seu valor e vejo o Guarani como mais uma grande chance da minha carreira”, disse.

Vladimir defendeu o Santos por aproximadamente uma década, mas não se firmou como titular. Ele atuou em alguns jogos na campanha do rebaixamento, mas também viveu glórias na Vila Belmiro. Integrante do elenco campeão em 2012, diante do próprio Guarani, ele quer ver o Bugre brigando por objetivos ambiciosos novamente.

“O Guarani sempre foi muito respeitado pelos adversários porque sempre brigou de igual com todos os clubes. É essa mentalidade que a gente precisa ter. Primeiro entrar com intuito de ser campeão em tudo que a gente disputar. O nosso grupo é muito competitivo e vai brigar”, completou o novo goleiro – que ainda deve ficar como opção no banco de reservas de Umberto Louzer.

A estreia no Paulistão, domingo, diante do Corinthians, vai marcar um reencontro para o zagueiro Léo Santos. Hoje, aos 25 anos, ele vai estrear diante do time que o projetou para o futebol. Foram cinco temporadas só no profissional, com 38 jogos, além do período de base.

“Eu conheço muito bem o Corinthians e sei como as coisas funcionam lá. Vamos enfrentar uma atmosfera pesada, mas precisamos colocar o nosso jogo em prática e buscar sair com a vitória. Eu tenho muita gratidão pelo clube, por tudo que fizeram por mim, mas hoje eu defendo o Guarani e vou dar a minha vida pelo cube”, disse o novo defensor alviverde.

Léo Santos passou por um período difícil no Corinthians, de muitas lesões e empréstimos, inclusive para a Ponte Preta, mas diz que isso faz parte do passado. “Eu me sinto muito bem hoje, joguei tranquilamente no Ceará e até por isso o Juliano Camargo me contratou. Espero honrar essa camisa pesada do Guarani e estou muito ansioso para estar em campo”, completou.

Foto de Raphael Silvestre/Guarani FC

Portal CB no YouTube! Acompanhe vídeos do time do seu coração com informação, debate e curiosidades. Gols, comentários e entrevistas todos os dias com a Equipe de Carlos Batista. Se inscreva no canal e ative as notificações. Clique aqui e acesse.