Guarani vence fora e “dorme” no G-4 da Série B

0

O Guarani conquistou importante vitória fora de casa no encerramento do primeiro turno da Série B. Diante do Londrina, o Bugre apresentou um bom jogo coletivo e garantiu mais 3 pontos. Com o resultado, os alviverdes passam, pelo menos a noite desta sexta e a manhã de sábado, no G-4 da Série B.

Para terminar o primeiro turno entre os 4 primeiros do campeonato, o time precisa torcer para que o Avaí, Coritiba, Goiás e Vila Nova não vençam suas partidas.

O JOGO

O Guarani começou bem a partida, e foi premiado com um gol cedo. Logo aos 4 minutos, Bruno Mendes aparece bem na frente da defesa e é derrubado por Lucas Costa. Pênalti bem cobrado por Denner. O Bugre seguiu no ataque e Denner, dois minutos depois do gol, carimbou a trave.

O Guarani dominou a posse de bola e as ações de ataque durante todo o primeiro tempo. Ricardinho, Rafael Longuine, William Oliveira e Kevin tiveram oportunidades para ampliar o marcador.

No segundo tempo, o Londrina volta com o atacante Thiago Ribeiro e logo consegue o empate, numa bola parada. Dagoberto cobra falta pela direita e Safira sobe mais que todo mundo na segunda trave para empatar. O time da casa tentou dominar a partida. Mas o Bugre estava armado para contra-atacar. Kauê recebe em velocidade, se livra da marcação e toca para Rafael Longuine que chuta duas vezes para desempatar o jogo.

Depois do gol, o técnico Umberto Louzer fecha o time com a entrada de Felipe Rodrigues. O Londrina tenta reagir. Moisés Gaúcho acerta uma bomba no travessão. No final, os donos da casa quase empatam com Dagoberto. A pressão cresceu nos acréscimos, mas o setor de marcação bugrino funciona e a equipe comemora a vitória fora de casa.

FICHA TÉCNICA

Data: sexta-feira, 03 de agosto de 2018

Local: Estádio do Café – Londrina

Público pagante: 

Renda: 

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Carlos Henrique Cardoso de Sousa (RJ)

Londrina: Vagner; Lucas Ramon, Luizão, Lucas Costa e Victor Luiz; João Paulo e Lorenzi (Moisés Gaúcho); Dagoberto, Jô (Thiago Ribeiro), Safira (Dudu) e Paulo Henrique. Técnico: Sérgio Soares.

Guarani: Oliveira; Kevin, Philipe Maia, Everton Alemão e Pará; William Oliveira e Ricardinho; Matheus Oliveira (Kauê), Rafael Longuine (Fabrício) e Denner (Felipe Rodrigues); Bruno Mendes. Técnico: Umberto Louzer.

Gols: Denner, 5 min. 1º tempo, Safira, 11 min. 2º tempo

Cartões amarelos: Lucas Costa, Dagoberto, William Oliveira, Luizão, Éverton Alemão, Pará, Lucas Ramon