Guarani usa dez laterais esquerdos em um ano e chegará a quatro no elenco com Pará

0
Foto: GuaraniPress

Não é fácil firmar-se como lateral-esquerdo do Guarani. É a posição com maior rotatividade dentro no elenco. A chegada de Pará, emprestado pelo Cruzeiro, prevista para a próxima semana, vai aumentar para quatro o número de jogadores no elenco de Umberto Louzer no setor.

CAFÉ MORAES

Mesmo com Salomão rebaixado ao time sub-20, a comissão técnica trabalha com Marcílio, Rafael Franco, Kevin e agora Pará. Foram 10 titulares diferentes na lateral-esquerda nos últimos 12 meses.

Só em 2017 foram nove nomes diferentes: Gilton, Ernani, Dênis Neves, Renato Henrique, Bruninho Souza, Richarlyson, Eron, Kevin e Salomão. O último, inclusive, iniciou a atual temporada como titular com Louzer no Paulistão, mas logo perdeu a posição para Marcílio, que só foi substituído por Kevin por suspensão e/ou lesão.

Atuar com Kevin improvisado no setor não agrada por inteiro Umberto Louzer e, por isso, Rafael Franco, conhecido como Borel, foi contratado junto ao Juventus, sem mesmo ter sido unanimidade na Mooca. A boa relação com o Cruzeiro encaminhou uma nova aposta: Pará.

O problema é que o jogador de 22 anos não deixou boa impressão por onde passou. Apareceu com bons jogos no Bahia em 2014, mas não repetiu as atuações no Cruzeiro, Atlético-PR e Figueirense. Ano passado foi titular no primeiro semestre no América-MG, mas perdeu espaço para Giovanni no time que foi campeão da Série B.

Se Umberto Louzer testar Rafael Franco e Pará na lateral-esquerda nos próximos jogos, o Guarani chegará a marca recorde de 12 jogadores diferentes em 12 meses. Média de um titular inédito por mês.

Comente com seu Facebook