O Guarani entra em campo neste domingo, às 20h, no Brinco de Ouro, diante do Novorizontino, na décima rodada do Campeonato Paulista.

O Bugre soma 11 pontos e pode abrir quatro de vantagem para o Santos – que ficou no empate contra o Red Bull Bragantino na noite de ontem.

Mas a equipe comandada por Allan Aal vai enfrentar dois tabus.

O primeiro é o longo período sem vencer dentro do Brinco de Ouro. A última vitória somada em casa foi contra o Confiança, dia 16 de dezembro, na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro.

Desde então foram 10 jogos com quatro empates e seis derrotas.

O Guarani ainda não venceu em 2021 e tenta evitar encerrar a primeira fase sem ter triunfado dentro de casa – o compromisso com o Novorizontino é o último no Brinco antes do mata-mata.

Outro tabu é ainda não ter vencido o Novorizontino desde a sua fundação. O Guarani jogou antigamente contra o Grêmio Esportivo Novorizontino, extinto em 1993, mas apenas duas vezes contra a equipe atual (fundada em 2001), O primeiro encontro, na Série A2 de 2015, derrota em Novo Horizonte. Ano passado, no Brinco pelo Paulistão, empate em 1 a 1.

Foto de Thiago Carvalho/Novorizontino

Comente com seu Facebook