Guarani sofre mais uma derrota fora de casa na Série B

0

O Guarani continua sem vencer fora de casa no Brasileiro da Série B. O time perdeu para o Juventude e acumulou a terceira derrota em quatro jogos longe de Campinas na Série B. Jogando em Caxias, o Bugre tentou uma postura ofensiva, até teve algumas boas oportunidades. Mas no Juventude foi mais eficiente no ataque, conseguiu neutralizar as ofensivas alviverde e garantiu a segunda vitória na série B.

O Bugre segue sem somar, estaciona nos 10 pontos e pode perder posições ao final dda oitava rodada do Brasileiro.

O JOGO

O Guarani não se sentia jogando longe de Campinas e iniciou o jogo com uma postura ofensiva. Mas o Juventude, que não passa por bom momento, também se lançava ao ataque. O time da casa até balança as redes mas a arbitragem anula por uma falta de Elias em Lenon. Mas o Bugre respondeu com rapidez à investida do time Jaconino com Guilherme, destaque alviverde na primeira etapa. A outra boa oportunidade do Juventude no primeiro tempo foi uma cobrança de falta de Fred.

Na reta final da primeira etapa, os donos da casa conseguem espaços na intermediária bugrina. Aos 45, Fellipe Mateus recebe com liberdade dentro da área e chuta forte pra abrir o placar.

No início do segundo tempo, o Guarani tem pouco poder de reação. O técnico Umberto Louzer esperou 10 minutos para mudar o Bugre. As entradas de Bruno Mendes e Erik nos lugares de Anselmo Ramon e Guilherme respectivamente, deram nova movimentação ao ataque alviverde. Rafael Longuine e Rondinelly tem duas chances em sequência mas o goleiro Matheus e o volante Diones evitam o empate.

O Juventude responde logo em seguida numa bola parada, escanteio, que Guilherme Queiroz cabeceia para um milagre de Bruno Brígido. O time gaúcho volta a controlar o ímpeto do Guarani. Ricardo Jesus quase alcança o cruzamento, na tentativa de ampliar o placar. Já nos acréscimos, o Juventude tem um gol mal anulado pelo bandeira.

 

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B: 8ª rodada

LOCAL: Estádio Alfredo Jaconi – Caxias do Sul

JUVENTUDE – Matheus Cavichioli; Felipe Mattioni, Micael, Fred e Pará; Bertotto e Diones (Bruninho); Felipe Mateus, Guilherme Queiroz e Leandro Lima (Tony) e Elias (Ricardo Jesus). Técnico: Julinho Camargo

GUARANI – Bruno Brígido; Lenon, Everton Alemão, Edson Silva e Pará; Baraka (Denner), Ricardinho, Rondinelly e Guilherme (Erik); Rafael Longuine e Anselmo Ramon (Bruno Mendes). Técnico: Umberto Louzer

GOL: Fellipe Mateus, 45 minutos 1º tempo

ÁRBITRO: Adriano Milczvski

AUXILIARES: Luciano Roggenbaum e Jefferson Cleiton Piva da Silva

CARTÕES AMARELOS: Everton Alemão, Lenon, Matheus Bertotto, Erik, Leandro Lima

PÚBLICO: 1859 torcedores

RENDA: R$