Guarani sofre goleada histórica e chances de acesso ficam distante

0
Guarani sofre derrota vexatória e agora o objetivo exclusivo é escapar do rebaixamento
Guarani sofre derrota vexatória e agora o objetivo exclusivo é escapar do rebaixamento

O Guarani tinha no jogo contra o Paraná a grande oportunidade de mostrar que ainda tinha chances de lutar pelo acesso na série B. No entanto, o Bugre caiu diante de um Paraná mais organizado e foi goleado por quatro a zero. A última vez que o Bugre tomou um 4 a 0 no Brinco foi dia 18 de março de 2001. Perdeu para o Rio Branco de Americana.

ESPEL ELEVADORES

No jogo desta terça-feira(19), o Paraná precisou de treze minutos para matar o jogo. Ewerton Páscoa saiu jogando errado e entregou a bola nos pés do adversário. O Tricolor Paranista fez 1 a 0 com João Pedro e ampliou com Renatinho, em cobrança de pênalti cometido por Richarlyson.

Marcelo Cabo tentou jogar o Bugre ao ataque com a troca de um volante (Betinho) por um atacante (Eliandro), mas quem marcou foi o Paraná. Em jogada aérea, Maidana desviou no canto esquerdo e fez 3 a 0.

No segundo tempo, o Guarani até teve uma boa oportunidade no início, com Gabriel Leite em chute da entrada da área. Mas o Paraná parecia estar uma rotação acima do time campineiro. Cristovam invadiu a área após driblar Richarlyson e cruzou. A bola desviou em Léo Rigo e matou Vagner. Com receio de um placar ainda maior, Marcelo Cabo tirou Rafael Silva e colocou Denner, um volante. Bugre passou a controlar a bola, mas com nenhuma inspiração para mudar o resultado vexatório.

Até conseguiu criar alguns lances de perigo, mas sempre em chutes sem direção e arremates de longe que foram bem defendidos pelo goleiro do Tricolor. 

Após o jogo, o presidente do clube, Palmeron Mendes Filho, foi até a sala de imprensa, junto com o técnico Marcelo Cabo, e afirmou apoio incondicional ao treinador. “Nós acreditamos que o Guarani vai buscar os 50 pontos na série B e o Marcelo Cabo é o nosso técnico até o final da competição”, afirmou o presidente.

O Guarani volta a campo na próxima terça-feira, quando enfrenta o Paysandu em Belém do Pará.

Comente com seu Facebook