O sistema defensivo virou uma vulnerabilidade do Guarani principalmente no período após a paralisação do futebol.

Nos últimos sete jogos do Bugre – entre Paulistão, Troféu do Interior e Série B – foram 11 gols sofridos. Defesa vazada em todos os jogos.

A última vez que a defesa passou intacta foi na vitória contra o Ituano por 2 a 0 pela nona rodada do Paulistão.

Apesar do momento negativo, o técnico Thiago Carpini manteve cautela após o jogo contra o CSA e permanece confiante na retomada do bom momento defensivo da equipe.

“Estamos todos incomodados com o que tem acontecido e queremos melhorar esse processo de trabalho o mais rápido possível. Nós vamos mudar o que for possível para podermos corrigir a bola parada e a nossa defesa. Confiamos em nossos jogadores”, reiterou.

O próximo compromisso do Bugre será diante do Cruzeiro, amanhã, 20h30, no Brinco de Ouro.

Foto de David Oliveira/Guarani FC

Comente com seu Facebook