Após oito rodadas disputadas na Série B, o Guarani se mantém como time que mais ataca na competição. Os números são do site especializado em estatística Footstats.

Nas oito rodadas disputadas, o Bugre teve um total de 105 finalizações, sendo 53 em direção ao alvo. O segundo que mais acerta o gol adversário é o Náutico com 45 chutes certos.

Assim como CSA e Ponte Preta, o Guarani marcou apenas quatro gols na competição. O trio divide o posto de pior ataque da Série B atualmente.

Como um comparativo, o Bahia é o dono do melhor ataque e balançou as redes 11 vezes. No entanto, o Tricolor acertou o alvo em 35 finalizações – quase 20 a menos do que o Guarani.

O volume de jogo está presente no Bugre, mas agora Marcelo Chamusca vai precisar trabalhar a finalização. Na última partida, durante o empate contra o Vasco da Gama, os comentaristas da Rádio Bandeirantes apontaram que a ansiedade pode ser um problema no sistema ofensivo.

“Falta acertar esse último detalhe. Muitas vezes, justamente para dar essa resposta, a tomada de decisão tem sido fatal. Foi o exemplo do lance do Júlio César no contra-ataque. Ele tinha duas boas opções para concluir a jogada, mas optou por finalizar de muito longe e estragou o mais promissor ataque”, destacou Gleguer Zorzin durante a transmissão.

A próxima oportunidade de balançar as redes será no sábado, diante do Sampaio Corrêa, no Castelão, em São Luís.

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Comente com seu Facebook