O duelo entre Guarani e Vasco da Gama na quinta-feira terá o time campineiro como mandante, mas bem longe do Brinco de Ouro.

O duelo da oitava rodada será realizado em Manaus, capital amazonense, após a transferência do local da partida por conta de reformas no gramado do Brinco.

O time carioca está habituado a jogar na Arena da Amazônia e volta ao estádio após três anos. Já o Guarani, estreante no local após obras para o Mundial de 2014, retorna a Manaus depois de 16 anos.

O Bugre jogou contra o São Raimundo, na Série B de 2006, no já demolido Vivaldão. A equipe comandada por Waguinho Dias contou com gol de Éder para empatar o jogo em abril daquele ano.

Foram dois jogos contra o São Raimundo em Manaus: uma derrota em 2005 e o empate de 2006. Antes, a equipe alviverde enfrentou o Nacional duas vezes: empatou em 73 e venceu em 75. O Guarani também desafiou o Rio Negro em solo amazonense: uma vitória (76) e uma derrota (74).

Na quinta-feira, o Bugre tenta quebrar um tabu na Série B: ainda não venceu fora do Brinco de Ouro. Foram derrotas para Brusque e Grêmio, além dos empates com Náutico e Tombense.

Comente com seu Facebook