Guarani quebra jejum e respira mais aliviado contra rebaixamento

0
Elenco do Guarani comemora vitória que não acontecia há mais de dois meses

Depois de uma semana turbulenta, com problema de doping de Eliandro, desfalques importantes e ataque de alguns torcedores ao ônibus da delegação, o Guarani conquistou uma importante vitória diante do Juventude. Há mais de dois meses o time não saia de campo com um resultado positivo. O time chega aos 38 pontos e fica a 3 de distância do Luverdense, equipe que abre a zona de degola da série B.

O Bugre dominou todo o primeiro tempo e só não protagonizou uma goleada pela falta de pontaria dos atacantes. Aos 12 minutos, Bruno Nazário driblou o goleiro e chutou da intermediária, mas a bola passou lambendo a trave pela linha de fundo. Na sequência, Richarlyson, duas vezes, Caíque e Betinho com boas oportunidades. O gol saiu aos 33, após lançamento de Jussani lá do campo de defesa, Fumagalli tocou de cabeça para Caíque, na esquerda. Ele chutou cruzado para fazer 1 a 0 ao Bugre.

No segundo tempo, o Guarani continuou mandando no jogo. Bruno Nazário teve duas grande oportunidades para ampliar. Uma ele chutou em cima do goleiro e a outra mandou na trave. A qualidade técnica do Guarani com a presença de Bruno Nazário aumenta muito, mas hoje não era o dia do camisa 22. Betinho também teve uma boa chance. Bateu da entrada da área e a bola passou raspando o poste. Aos 43, Caique dominou uma bola na saíde errada do Juventude. Caminhou com tranquilidade e mandou por cobertura para o fundo do gol. Grande partida do Guarani. O próximo jogo do Bugre será no sábado contra o Goiás em Goiânia.

Comente com seu Facebook