Guarani precisa de 60% de aproveitamento na reta final da Série B para atingir meta

0
Créditos: Letícia Martins/Guarani Futebol Clube

por júlio nascimento

Próximo de atingir o primeiro objetivo – de chegar aos 45 pontos e sacramentar a permanência na Série B -, a comissão técnica do Guarani já começa olhar para o futuro. Na quarta colocação, com 37 pontos, a diretoria do Bugre quer o time brigando até o final por acesso no Campeonato Brasileiro.

Segundo levantamento feito pelo site Infobola, a média para conseguir o acesso para a elite do futebol brasileiro é de 62 pontos. A pontuação parece baixa em comparação aos últimos anos: Paraná (64), Bahia (63) e América-MG (65) precisaram de mais pontos para garantirem vagas no Brasileirão. A atual Série B, entretanto, está com o nível de corte mais baixo e 62 deve ser suficiente para quem quiser ser promovido.

Tomando como base os números do site Infobola, o time de Umberto Louzer precisaria de 60% de aproveitamento dos últimos 42 pontos que serão disputados. Com 37 na classificação, o Bugre precisaria de mais 25 pontos para chegar a segunda meta imposta.

Faltando 14 jogos para o encerramento da Série B são sete jogos atuando como mandante e sete jogos como visitante. O Guarani precisa de oito vitórias e um empate ou nove vitórias para confirmar lugar entre os quatro melhores da competição.

Fato importante na caminhada da equipe alviverde é a quantidade de confrontos diretos. O primeiro é na próxima rodada na partida contra o Goiás, terça-feira, no Brinco de Ouro. Depois ainda há jogos contra CSA, Vila Nova, Avaí, Figueirense e Coritiba.

O Bugre é o atual quarto colocado, mas pode perder a posição ainda neste final de semana. A equipe de Umberto Louzer precisa torcer para tropeças de Atlético-GO, Goiás e Vila Nova para abrir a próxima rodada no G4.

Comente com seu Facebook