Guarani perdeu 14 pontos contra times da zona de rebaixamento

0
Foto: Letícia Martins/Guarani FC

por júlio nascimento

Sem chances matemáticas de classificação, o Guarani ainda lamenta a situação na tabela da Série B. O Bugre flertou com o G4 por mais de um turno, mas não conseguiu entrar no grupo de acesso para a elite do futebol nacional. Muito da campanha se deve aos tropeços contra times da zona de rebaixamento.

A equipe de Umberto Louzer soma 40% de aproveitamento contra os integrantes do Z4, sendo que três já estão matematicamente rebaixados para a Série C de 2019. Foram 14 pontos desperdiçados que deixariam o Bugre na vice-liderança da Série B e com o acesso garantido.

Diante do Boa Esporte, último colocado, o Guarani somou um ponto de seis possíveis com um empate e uma derrota. Foram cinco pontos desperdiçados contra o time de Varginha que conseguiu apenas 7 vitórias em 36 rodadas.

Contra o Juventude, 19º, o Bugre obteve uma vitória e uma derrota. Somou três pontos de seis possíveis.

No confronto contra o Sampaio Corrêa, a equipe campineira fez a lição de casa e saiu com 100% de aproveitamento nos dois jogos.

A situação mais delicada foi diante do Paysandu, último adversário. O Bugre foi derrotado em Belém do Pará e também no Brinco de Ouro, por 2 a 0, de forma melancólica. Nenhum ponto somado contra o 17º colocado.

Na nona colocação com 50 pontos, o Guarani se despede da Série B com dois jogos: enfrenta o Brasil de Pelotas, que está livre de possibilidades de queda, além do Londrina, que briga com Ponte Preta, Avaí e Goiás pelo acesso.

 

Comente com seu Facebook