Guarani perde para vice-lanterna Náutico de se aproxima perigosamente do Z-4

0
Com a derrota, Guarani só fica fora da zona de rebaixamento pelo número de vitórias

Jogando em Caruaru, o Guarani não conseguiu superar o vice-lanterna da série B do Campeonato Brasileiro. Com a derrota para o Náutico, o Bugre se aproxima perigosamente da zona da morte. Com 34 pontos só se mantem fora do Z-4 por um vitória, 9 contra 8 do Luverdense.

No jogo deste sábado(14) como as duas equipes precisavam da vitória, o primeiro tempo foi aberto. O Bugre iniciou a partida agudo e criou duas grande oportunidades. Não conseguiu fazer o gol. Quem saiu na frente foi o Náutico. Na única chance clara que teve, com Rafinha, o Timbu abriu o placar. Um lançamento lá de esquerda, o Richarlyson ficou marcando o vento e falhou feio. Rafinha entrou em velocidade para abrir o placar aos 11 minutos. O time campineiro teve 63% de posse de bola. Trocou 178 passes no primeiro tempo e levantou 31 bolas na área do adversário. Entretanto, faltou eficiência.

Na segunda etapa o Náutico se fechou e optou para jogar no contra-ataque. O Guarani se manteve ofensivo e continuou usando as bolas alçadas, mas pecou na pontaria. Aos 27 minutos, os campineiros perderam uma chance incrível novamente. Após cruzamento a direita, Caíque subiu sozinho na segunda trave, mas errou e cabeceou para fora. Bruno Mota, que entrou no segundo tempo, definiu a vitória do Timbu aos 31 minutos. Um jogada pela esquerda o Náutico entrou tabelando e fez 2 a 0, placar final. Após fazer o segundo gol o Náutico foi cozinhando o jogo para administrar a vitória.

Na próxima terça-feira, o Guarani recebe o lanterna ABC, às 19h15, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. Bruno Nazário tomou o terceiro cartão e está fora.