Guarani perde mais uma fora de casa na Série B

0

O Guarani sofreu a segunda derrota consecutiva fora de casa. Apesar da boa reação no segundo tempo, o Atlético Goianiense, que foi mais efetivo nas investidas ao ataque, garantiu a segunda vitória no nacional. Com o resultado, os alviverdes estacionam nos 3 pontos, caem para a décima terceira posição e devem perder mais colocações até o final da terceira rodada da Série B, que ocorre no próximo sábado.

UNIONE SEGUROS

O Bugre agora terá dez dias até a próxima partida que será justamente o derbi campineiro, no dia 5 de maio no Estádio Brinco de Ouro às 19 horas.

O JOGO

Mesmo jogando fora de casa, o Guarani começa melhor. Caíque, Rondinelly e Ricardinho têm boas chances antes dos 10 primeiros minutos. Mas o volume ofensivo do Bugre dura pouco tempo e os donos da casa conseguem abrir o placar numa bola parada: após cobrança de escanteio, João Paulo aproveita a sobra e marca.

Depois do gol, o Dragão se fechou e o Guarani até tinha mais posse de bola, mas sem efetividade no ataque. O segundo golpe sofrido pelo Bugre veio nos acréscimos do primeiro tempo. A defesa alviverde deixa Fernandes com liberdade para chutar na saída de Bruno Brígido.

O Guarani volta do intervalo com postura ainda mais ofensiva e o técnico Umberto Louzer colocou Anselmo Ramon e Guilherme aos 12 minutos. O que o treinador bugrino não poderia prever é que no minuto seguinte João Paulo marcaria mais um gol para o Atlético Goianiense: três a zero.

Placar elástico, mas o jogo ainda não estava resolvido. Bruni Nazário conta com a falha do goleiro Klever para diminuir a diferença, aos 17 minutos. Três minutos mais tarde, o Bugre volta para a partida com o gol do estreante Anselmo Ramon.

O jogo fica ainda mais disputado, com o Guarani tentando manter a posse de bola e ensaiando pressão e o Atlético buscando os contra-ataques, o melhor deles num chute rasteiro de Romulo que passou raspando a trave.

No final, o Dragão conseguiu controlar a posse de bola e o Bugre sentiu o desgaste físico e não teve poder de reação para empatar.

 

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Olímpico – Goiânia
Data: terça-feira, 24 de abril
Horário: 19h15

Público e renda: não divulgado

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus

Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Wendel de Paiva Gouvêa

Atlético-GO: Klever; Alisson, William Alves, Rene e Bruno Santos; Bileu, Romulo, Fernandes e João Paulo; Júlio César (Cristian) e Tito (Joanderson). Técnico: Cláudio Tencati

Guarani: Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Anderson e Marcílio; Baraka, Ricardinho (Guilherme), Denner e Rondinelly (Rondinelly); Bruno Nazário e Caíque (Anselmo Ramon). Técnico: Umberto Louzer

Cartões amarelos: Ricardinho, Bruno Santos, Bileu, Philipe Maia, Alisson

Gols: João Paulo, 25 minutos 1º tempo; Fernandes, 46 minutos 1º tempo; João Paulo, 13 minutos 2º tempo; Bruno Nazário, 17 minutos, 2º tempo; Anselmo Ramon, 20 minutos 2º tempo

 

Comente com seu Facebook