Guarani perde fora de casa para o Ituano e espera rival por situação no G-2 do Paulista

0
Foto: Pedro Sardelli

O Guarani saiu do Novelli Junior, em Itu, com uma derrota pelo placar de dois a um para o Ituano. Novamente, o time não apresentou um futebol satisfatório e acabou saindo de campo sem somar ponto. O resultado negativo encerra uma sequência de 2 jogos de invencibilidade do Bugre que corre o risco de sair do G-2 no Grupo B.

UNIONE SEGUROS

Com 14 pontos, o Guarani continua na vice-liderança do Grupo B. Mas o rival e terceiro colocado Novorizontino ainda vai entrar em campo na segunda-feira em casa contra o São Caetano e, como está um ponto atrás dos alviverdes, pode tomar o segundo lugar na chave.

Agora, os alviverdes terão o final de semana de descanso para depois trabalhar duro para um dos confrontos mais importantes da temporada. No sábado, dia 16 de março, a equipe enfrenta a Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli. Dependendo dos resultados desta rodada, o dérbi pode representar a definição das pretensões do Bugre no Paulistão.

O JOGO

O Ituano começa de maneira perfeita a partida e logo no primeiro minuto inaugura o marcador. Na falha de saída de bola de Carlinhos, o Ituano rouba e Corrêa aciona Ramon que na velocidade toca na saída de Giovanni.

O Bugre tenta responder num bom cabeceio de Anselmo Ramon defendido por Pegorari. Mas o Ituano não fica na defesa: Martinelli quase amplia num chute cruzado. Depois, num bate rebate na área do Bugre, os visitantes também ficam perto de mais um gol.

Do outro lado, Thiago Ribeiro leva perigo numa fechada cobrança de escanteio. O Guarani também assusta num chute cruzado de William Matheus. E, nos minutos finais, Ricardo Silva assusta Pegorari e quase manda contra o patrimônio.

Depois do intervalo, o Ituano quase repete o que fez no primeiro tempo: Morato tem boa chance no primeiro minuto. Mas, aos 3 minutos, Diego Cardoso marca o sexto gol dele com a camisa do Bugre e empata a partida.

Mas o Ituano não demora a reagir numa jogada individual de Martinelli. O atacante recebe pelo lado esquerdo, na entrada da grande área, tem espaço para ajeitar e chutar no canto esquerdo do goleiro. Logo em seguida, o mesmo Martinelli puxa jogada rápida e Ramon exige defesa de Giovanni, que vai se transformando num dos personagens da partida. Ele evita mais um gol de Ramon que manda forte de primeira.

O Guarani melhora no ataque com a entrada de Felipe Amorim. O jogador quase acerta o gol após completar o cruzamento de Anselmo Ramon. Depois, é o próprio Amorim quem cruza para Thiago Ribeiro mandar por cima. Foram as últimas boas oportunidades dos visitantes no jogo.

O Ituano responde num chute rasteiro de Gui Mendes que passa à esquerda do gol. Aos 35, os donos da casa poderiam ter deixado a vitória mais tranquila. Após cruzamento da direita, com o goleiro batido, Martinelli cabeceia na trave.

O Ituano cresce nos momentos finais do jogo. Martinelli não cansa de dar trabalho a Giovanni. E o Guarani tem pouco poder de reação para chegar ao empate.

ITUANO X GUARANI

Campeonato Paulista – 10ª rodada

Data: sexta-feira, 08 de março

Horário: 21 horas

Local: Estádio Novelli Júnior – Itu

Árbitro: Thiago Luis Scarascati

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira

Público: 1.617

Renda: R$ 24.490,00

Cartões Amarelos: Jonas

Gols: Ramon, 1 minuto 1º tempo; Diego Cardoso, 3 minutos 2º tempo; Martinelli, 12 minutos 2º tempo

ITUANO: Pegorari; Jonas, Ricardo Silva, Léo Santos e Peri; Marcos Serrato, Corrêa (Paulinho Dias) e Baralhas; Morato (Claudinho), Martinelli e Ramon (Gui Mendes). Técnico: Vinícius Bergantin

GUARANI: Giovanni; Fabrício Costa (Fernando Viana), Ferreira, Diego Giaretta e William Matheus; Deivid, Ricardinho e Carlinhos (Felipe Amorim); Thiago Ribeiro, Diego Cardoso (Mateusinho) e Anselmo Ramon. Técnico: Osmar Loss

Comente com seu Facebook