Guarani perde de virada e fica ainda mais perto do Z-4

0
Guarani completa quinto jogo sem vitória e se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento

Mesmo jogando fora de casa, o Guarani começou melhor a partida e com cinco minutos de jogo abriu o placar. Kevin fez um belo cruzamento e Bruno Nazário, livre de marcação, foi perfeito no cabeceio. O Bugre apostava no lado direito para criar as principais chances. Mas, não conseguiu fazer o segundo gol.

ESPEL ELEVADORES

O Paysandu começou a crescer no jogo a partir dos 20 minutos. O Papão soltou os dois laterais. O árbitro marcou pênalti de Kevin em Guilherme Santos aos 28 minutos. Não foi Pênalti. O Bugre foi prejudicado pela arbitragem. O Papão empatou e a partida ficou aberta.

No entanto, o Guarani sentiu o gol e recuou. O Papão esteve mais perto da virada e obrigou o goleiro Vagner a trabalhar. No início do segundo tempo, o árbitro Igor Junio Benevenuto foi muito rigoroso e deu cartão vermelho para Salomão. O jogador deu um carrinho em Ayrton para conter um contra-ataque, acertou a bola, mas recebeu seu segundo amarelo no jogo e foi expulso. Marcelo Cabo teve que tirar Rafael Silva para recompor a lateral esquerda com Léo Rigo. O Bugre continuou buscando equilibrar a partida com boa marcação mesmo com um a menos. O árbitro mineiro voltou a prejudicar o time campineiro. Kevin entrou na área e foi derrubado por Diego Ivo. O árbitrou ficou em dúvida e preferiu não marcar. A pressão do time da casa deu resultado. No cruzamento de escanteio Diego Ivo acertou a cabeçada aos 37 e decretou a derrota bugrina. Houve falha de Ewerton Páscoa que subiu de costas no lance. O Guarani segue caindo na tabela. Sem vencer a cinco jogos e estacionado com os mesmos 33 pontos, agora é o 13º colocado. Próximo jogo será no sábado, no Brinco de Ouro contra o Criciúma às 19h.

Comente com seu Facebook