O assunto envolvendo Umberto Louzer e Régis não será mais tratado publicamente no Guarani. O treinador foi questionado sobre a situação do camisa 78 após a partida contra o São Bernardo, mas afirmou que a pauta agora será restritamente tratada internamente.

“Você vê que o foco do jogo fica em segundo plano, assim como foi contra o Corinthians. Então não falo mais sobre esse assunto. Tudo que tinha para falar eu já passei na primeira entrevista coletiva. Agora é um assunto que será resolvido internamente”, explicou.

O Portal CB apurou que os bastidores do clube se dividem: Louzer tem contrato até o fim do Paulistão, enquanto Régis é um dos principais salários e tem vínculo até dezembro. O jogador foi procurado recentemente por clubes, como Goiás, CRB e Paysandu, mas nenhuma proposta se concretizou até o momento.

O executivo Juliano Camargo, em entrevista à Rádio Bandeirantes, tentou apaziguar a situação. Ele trabalha nos bastidores para reaproximar as duas partes. O Guarani tem apenas uma vaga restante no Paulistão e tem até o dia 16 de fevereiro para escolher entre Régis, Bernardo e Lucas Adell. O volante Lima deve ser emprestado para a Inter de Limeira.

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Portal CB no YouTube! Acompanhe vídeos do time do seu coração com informação, debate e curiosidades. Gols, comentários e entrevistas todos os dias com a Equipe de Carlos Batista. Se inscreva no canal e ative as notificações. Clique aqui e acesse.