O Guarani lidera o ranking dos cartões na Série B.

Em seis jogos foram 2 vermelhos e 22 amarelos para o time alviverde. Ninguém recebeu mais cartões do que o Bugre neste início da competição.

A marca negativa foi comentada pelo técnico Daniel Paulista que reclamou da falta de critério da arbitragem. “É claro que os amarelos preocupam, mas a gente também entende a necessidade de chegar firme nas divididas, principalmente os zagueiros. Mas também falta em alguns momentos critério por parte da arbitragem. Muitas vezes aplicam um amarelo em faltas que não foram pesadas. Depois em faltas pesadas não dão cartão. Não entendo muito esse critério”, explicou.

Os dois vermelhos ficaram por conta de Júlio César e Rafael Martins. Já o zagueiro Thales lidera o ranking em toda competição com cinco amarelos em cinco jogos. O atleta está pendurado para o próximo jogo.

Régis, Bidu e Bruno Sávio, com três amarelos cada, completam o pódio na competição como os mais advertidos pela arbitragem.

“Estou satisfeito com a intensidade da marcação do nosso time. Isso tem feito a equipe crescer defensivamente e vamos para o segundo jogo sem sofrer gol. É dessa forma que a gente vai continuar trabalhando e buscando resultados”, encerrou Daniel Paulista.

Para a partida contra o Coritiba nesta sexta-feira, Daniel Paulista não contará com Bidu, suspenso pelo terceiro amarelo. No último jogo a dupla Régis e Bruno Sávio desfalcou a equipe em Belém pelo mesmo motivo.

Foto de Talita Gouvea/Guarani FC

Comente com seu Facebook