Guarani goleira e já está garantido no mata-mata da Série A2

0

O Guarani venceu o terceiro jogo consecutivo no Campeonato Paulista da Série A2. O resultado deixou os alviverdes com 28 pontos, já garantidos na fase final da competição com 2 rodadas de antecedência.
O Bugre volta a campo na próxima quarta-feira (21/03) contra a Portuguesa no Canindé.

O JOGO

Empurrado pela torcida que registrou o melhor público do ano em um jogo de futebol em Campinas, o Guarani começou colocando pressão no adversário: foram 3 boas oportunidades que o goleiro Thiago Passos salvou. Aos 20 minutos, Denner cruza da esquerda, os atacantes do Guarani não alcançam e a bola entra direto. Demora apenas 3 minutos para o Bugre ampliar o marcador. Após cruzamento de Rondinelly, a bola sobra pro volante que ainda conta com um desvio de Denis Neves.
Ainda no primeiro tempo, o Guarani praticamente confirma a vitória num chute forte rasteiro de Bruno Nazário: três a zero.
No segundo tempo, o Guarani diminui o ritmo e o Penapolense aproveita pra diminuir a diferença. Malaquias tem espaço para dominar da entrada da pequena área e fazer o primeiro. O Bugre tenta reagir num chute de primeira de Denner que o goleiro manda para escanteio. A partida fica mais equilibrada. Marcelo Bispo carimba a trava de Bruno Brígido. E o Guarani tem mais três boas oportunidades com Erik e Bruno Mendes e Rondinelly. E no final, o torcedor ainda veria mais dois gols. Depois do cruzamento de Lenon, Baraka emenda de primeira. No último minuto, Malaquias aparece na capa de Bruno Brígido e fecha o marcador: 4 a 2.

FICHA TÉCNICA

Local: Brinco de Ouro da Princesa – Campinas
Data: domingo, 18 de março
Horário: 10 hrs.
Árbitro: Alessandro Darcie
Auxiliares: Alex Alexandrino e Bruno Silva de Jesus

Público e renda: 9743 e R$ 138.928,00

Guarani: Bruno Brígido; Lenon, Philippe Maia, Fernando Lombardi e Marcílio; Baraka, Denner (Pablo), Rondinelly (Fumagalli) e Bruno Nazário; Erik e Bruno Mendes (Pedro Bortoluzo). Técnico: Umberto Louzer

Penapolense: Thiago Passos; Alex Silva (Marcelo Bispo), Nino Santos (Bruno Fandinho), Felipe Barros e Denis Neves; Gercimar, Malaquias, Jacio e Branquinho (Renato Xavier) Leandro Love e Matheus Humberto. Técnico: Thiago Oliveira

Gols: Denner (20 e 23 min. primeiro tempo), Bruno Nazário (31 min. Primeiro tempo), Malaquias (9 e 49 min. Segundo tempo), Baraka (41 min. Segundo tempo)

Cartões amarelos: Denner, Gercimar, Bruno Fandinho, Marcílio