Guarani fica para trás em briga pelo acesso e retoma planejamento inicial

0
Créditos: Letícia Martins/Guarani Futebol Clube

por júlio nascimento

O Guarani foi da euforia à frustração na Série B e agora ficou para trás na briga pelo acesso – principalmente depois da derrota para o lanterna Boa Esporte, por 2 a 1, sábado, em Varginha.

Apesar de a expectativa por um possível acesso ter sido tratada com cautela, houve empolgação natural da torcida diante da proximidade com o G4.

Hoje, no entanto, o Guarani soma 45 pontos, vê a distancia para o G4 crescer rodada a rodada e concentra esforços para não continuar na descendente na tabela. Agora, são seis pontos atrás do CSA, quarto colocado.

A frustração da torcida com o papel de coadjuvante do Guarani na disputa pelo acesso na Série B não é completamente compartilhada nos bastidores.

O presidente Palmeron era o mais empolgado nas entrevistas sobre a possibilidade de subir, mas há quem reconheça erros no planejamento. O projeto inicial era manter a base do time campeão da Série A2 e montar um elenco que não corresse riscos como no ano passado.

Eis então que Umberto Louzer perdeu peças importantes como o goleiro Bruno Brígido, o zagueiro Fernando Lombardi, o lateral Lenon, o volante Baraka e o meia Bruno Nazário. Além das peças que deixaram o Bugre, dois titulares caíram de rendimento e perderam espaço: Rondinelly e Erik.

A avaliação interna é que o Guarani perdeu pontos importantes por erros individuais de jogadores que foram contratados, mas não corresponderam. É o caso dos goleiros Oliveira e Georgemy, do lateral Pará, do zagueiro Edson Silva e do atacante Marcão. Contratações que não foram suficientes para repor as peças perdidas.

Sem o elenco prometido no início da competição e com muitas contratações equivocadas, o Bugre não conseguiu regularidade. Em nenhum momento venceu mais que dois jogos consecutivos e tropeçou diante de times que estão brigando para não cair.

Após a partida contra o Boa Esporte, o volante Ricardinho disse que houve um baque por pontos perdidos. O Bugre não terminou nenhuma rodada no G4 e hoje é o oitavo colocado e não vence há quatro jogos.

Comente com seu Facebook