A noite histórica para o torcedor manauara terminou com pouca emoção. Em duelo da oitava rodada da Série B, o Guarani enfrentou o Vasco da Gama, na Arena da Amazônia, mas volta para Campinas com apenas um ponto na bagagem.

O duelo em Manaus terminou empatado sem gols. O foco agora está na partida contra o Sampaio Corrêa, dia 28, estreia de Marcelo Chamusca no comando técnico do Bugre.

O primeiro tempo foi de muitas oportunidades para os dois times, mas principalmente para o Guarani. Sem se intimidar com a grande presença de vascaínos na Arena da Amazônia, o Bugre protagonizou as melhores oportunidades. Júlio César, Ronaldo Alves e Bruno José exigiram boas defesas de Thiago Rodrigues. O meia Giovanni Augusto também acertou a trave em finalização categórica. A equipe campineira foi para o intervalo com bom volume de jogo, mas sem aproveitar as chances.

No segundo tempo, o Guarani continuou protagonizando oportunidades mais perigosas e manteve bom ritmo defensivo para suportar as investidas do Vasco, principalmente na bola aérea. Mas o empate sem gols se arrastou até o apito final do árbitro.

Foto de Paulo Bindá/Especial para o Guarani FC

Comente com seu Facebook