Guarani entra em campo contra o Fortaleza com quase meio time pendurado

0
Créditos: Letícia Martins/Guarani Futebol Clube

por júlio nascimento

A quantidade de jogadores do Guarani pendurados com dois cartões amarelos pode criar um problema a mais para o técnico Umberto Louzer na sequência da Série B. Do time que enfrenta o Fortaleza no próximo sábado, no Brinco de Ouro, na abertura do returno, ao menos seis jogadores entrarão em campo nessa condição: o zagueiro Éverton Alemão, os laterais Kevin e Pará, os volantes Ricardinho e Willian Oliveira, além do meia Matheus Oliveira.

Além destes seis, o Bugre tem mais três pendurados no banco de reservas: o zagueiro Edson Silva, que perdeu espaço com as recentes criticas, o meia Rondinelly, que embora não seja o mais cotado como opção no segundo tempo tem chances de participar do jogo, e Caíque, que ainda não está 100% fisicamente e pode até continuar como desfalque.

O próximo compromisso do Guarani na Série B será contra o Sampaio Corrêa, dia 18, no Castelão. A proximidade do Dérbi 192, agendado para o dia 25, também deixa o sinal de alerta ligado. No primeiro turno, o zagueiro Philipe Maia não participou do clássico por estar suspenso pelo terceiro amarelo.