Guarani empata com o Vila Nova fora de casa

0
Foto: Marcos Luiz

O Guarani saiu do Serra Dourada com um ponto na bagagem. Depois de sair na frente com um gol de pênalti no primeiro tempo, o time não suportou a pressão do Vila Nova, que conseguiu o empate na reta final do segundo tempo.

CAFÉ MORAES

O resultado mantém o Bugre na décima quarta posição, com 41 pontos, a seis de diferença para o Londrina, time que abre a zona de rebaixamento.

O Guarani volta a campo no próximo sábado, 16/11, quando recebe o Operário no estádio Brinco de Ouro.

O JOGO

O Vila Nova tenta se manter no ataque logo no início da partida e fica mais perto do gol. Mas, na primeira chegada ao ataque, o Bugre tem um pênalti: Marcelo sofre falta de Joseph. Na cobrança, Diego Cardoso coloca os visitantes na frente.

O Guarani tenta esfriar o jogo, enquanto o Vila Nova mostra nervosismo e reclama em excesso da arbitragem mas vai tentando chegar perto do empate na reta final do primeiro tempo, mas os alviverdes vão pro intervalo em vantagem.

O Vila Nova segue com postura ofensiva no segundo tempo. O Guarani consegue segurar as ações do adversário, mas não suporta a pressão. Aos 40 minutos, Jeferson pega a sobra e manda no canto, rasteiro.

Os donos da casa aumenta a pressão pela virada. Diego Jussani, num cabeceio por cima, encerra as oportunidades do Vila. Mas o Bugre se segura e consegue somar mais um ponto na série B.

VILA NOVA X GUARANI

Campeonato Brasileiro Série B – 35ª rodada

Data: quarta-feira, 13 de novembro

Horário: 19h15

Local: Estádio Serra Dourada

Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade

Assistentes: Katiuscia Berger Mendonça e Leonardo Mendonça

Cartões Amarelos: Wesley Matos, Joseph, Ramon, Giaretta, Gastón Filgueira, Bruno Silva

Cartão Vermelho: Gastón Filgueira

Gols: Diego Cardoso, 16 minutos 1º tempo; Jeferson, 40 minutos 2º tempo

VILA NOVA: Rafael Santos; Jeferson, Diego Jussani, Wesley Matos e Gastón Filgueira; Joseph, Tinga, Ramon e Alan Mineiro (Robinho); Capixaba e Carlinhos (Elias). Técnico: Itamar Schulle

GUARANI: Jefferson Paulino; Lenon, Bruno Silva, Giaretta e Thallyson; Marcelo, Ricardinho, Arthur Rezende, Rondinelly (Bady) e Lucas Crispim; Diego Cardoso (Deivid Souza). Técnico: Thiago Carpini

Comente com seu Facebook