Guarani chega a quatro jogos sem vitória, sofre com vaias e diretoria promete reforços

0
Foto: Gabriel Ferrari - Guarani FC

por júlio nascimento

O Guarani aumentou sua pior série no ano sem vitórias. Mesmo invicto, afinal, são quatro empates, o Bugre já não soma três pontos há quatro jogos e vê a diferença para o grupo de classificação na Série B crescer. Após ficar no 1 a 1 com o lanterna Boa Esporte, a torcida vaiou o time na saída do campo no Brinco de Ouro.

Na última quinta-feira, no lançamento do uniforme da Topper, no Via Appia, o presidente Palmeron concedeu uma entrevista exclusiva ao microfone da Rádio Bandeirantes e prometeu de “cinco a sete reforços nos próximos dias”.

O dirigente admitiu que duas saídas não estavam no roteiro: Lenon e Brigido, além da contusão de Anselmo Ramon. Já as vendas de jogadores como Baraka, Bruno Nazário e Pedro Bortoluzzo já estavam no cronograma.

Palmeron espera que o processo de cogestão avance nos próximos dias para que o Guarani consiga mais recursos para qualificar o elenco, mas admite que as buscas já foram iniciadas. “Claro que existe um impacto negativo, mas não existe debandada. Já buscamos um goleiro, um zagueiro, um volante e dois atacantes. O Guarani deve anunciar de cinco a sete reforços nos próximos dias”, completou em entrevista a RB.

O próximo compromisso do Guarani será na quinta-feira, dia 5, em Barueri, diante do Oeste. O técnico Umberto Louzer disse que espera não perder mais nenhum jogador até a próxima rodada.