Camacho assumiu a braçadeira de capitão do Guarani após a lesão de Diogo Mateus. O volante, tricampeão paulista, vem contribuindo com a experiência após passagens por Corinthians, Santos, Botafogo e Athletico Paranaense.

Em entrevista coletiva, Camacho não fugiu das respostas sobre a situação envolvendo o meia Régis, que ainda não foi inscrito após ato de indisciplina com o técnico Umberto Louzer e por estar entregue ao departamento médico.

“Espero que essa situação se resolva logo, mas não está atrapalhando. O nosso vestiário está fechado e consistente. O clube tem um ambiente muito bom e um vestiário ótimo. Mesmo com a derrota na primeira rodada, ninguém ficou em dúvida da nossa capacidade e continuamos unidos”, disse o atleta.

Camacho ressaltou que o grupo está focado em buscar o principal objetivo neste momento: a classificação às quartas de final do Paulistão. Com quatro pontos, a equipe ocupa o segundo lugar do Grupo B e segue na cola do Palmeiras.

“O nosso grupo está mais confiante. O nosso objetivo é a classificação e vamos lutar por ela até o fim. O grupo está pronto para isso e agora espero que a gente consiga essa vitória dentro de casa”, completou.

Com Camacho, o Guarani entra em campo nesta quarta-feira, às 21h35, contra o Mirassol, no Brinco de Ouro.

Foto de Raphael Silvestre/Guarani FC

Portal CB no YouTube! Acompanhe vídeos do time do seu coração com informação, debate e curiosidades. Gols, comentários e entrevistas todos os dias com a Equipe de Carlos Batista. Se inscreva no canal e ative as notificações. Clique aqui e acesse.