Guarani acaba com 100% do Santo André e vence primeira em casa

0

Foi no sufoco, com um gol nos acréscimos do segundo tempo, o Guarani derrotou o Santo André por dois a um. Depois de sair na frente no placar, o Bugre cedeu o empate, oscilou durante a partida mas conseguiu um gol com Bidu, revelado pela base marcou pela primeira vez como profissional.

Com 7 pontos, o Guarani é o vice-líder do Grupo D, com a mesma pontuação do primeiro lugar, o Corinthians.

Os alviverdes voltam a campo na próxima sexta (07/02), quando enfrentam o Oeste em Barueri.

O JOGO

O equilíbrio é a tônica dos primeiros 20 minutos de jogo. As equipes marcam forte e têm poucas oportunidades claras de gol. Depois, o Guarani cresce no ataque e aos 23, Rodrigo coloca a mão nas costas e puxa a camisa de Júnior Todinho, pênalti. Rafael Costa vai pra bola e marca para o Bugre.

Aparentemente, o jogo era controlado pelo Guarani, mas numa bola parada o Ramalhão chega ao empate. Depois de escanteio, Rodrigo cabeceia e encontra Ramon que toca de primeira para empatar.

O Santo André termina o primeiro tempo com mais volume no ataque. E continua assim no início da etapa final: Dudu Vieira tem liberdade para chutar duas vezes da entrada da área. Depois, Bidu salva um contra-ataque quase fatal dos visitantes.

O Bugre só cresce na reta final do segundo tempo. Júnior Todinho da trabalho ao goleiro Fernando Henrique.

Quando o jogo se encaminhava para o empate, aos 48 minutos, e sob forte chuva, Bidu pega rebote e chuta no canto fazendo o gol da vitória bugrina.

GUARANI X SANTO ANDRÉ

Campeonato Paulista – 4ª rodada

Data: domingo, 02 de fevereiro

Horário: 19 horas

Local: Estádio Brinco de Ouro – Campinas

Árbitro: Douglas Marques das Flores

Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira e Paulo César Modesto

Público: 3.561

Renda: R$

Cartões Amarelos: Bady, Romercio, Paulinho e Alemão

Gols: Rafael Costa, 25 minutos primeiro tempo; Ramon, 35 minutos primeiro tempo; Bidu, 48 minutos segundo tempo

GUARANI: Jefferson Paulino; Pablo, Bruno Silva, Romércio e Bidu; Deivid, Eduardo Person (Critóvam), Igor Henrique e Bady (Bruno Sávio); Junior Todinho e Rafael Costa (Mateusinho). TÉCNICO: Thiago Carpini

SANTO ANDRÉ: Fernando Henrique; Luizão, Rodrigo, Odair e Marlon; Paulinho, Dudu Vieira e Rondinelly (Vitinho); Garré, Branquinho (Douglas Baggio) e Ramon (Ronaldo). TÉCNICO: Paulo Roberto Santos

Comente com seu Facebook