Uma aposta da comissão técnica de Thiago Carpini, o atacante Alemão vem sendo elogiado por todo departamento de futebol do Guarani e colaborou em cinco jogos do Paulistão antes da paralisação do futebol brasileiro. O atleta entra agora no seu último mês de contrato, mas já sinalizou o desejo de permanecer no Brinco de Ouro.

“Eu, particularmente, gostaria muito de ficar, muito mesmo. Estou muito feliz no Guarani. Carpini está fazendo excelente trabalho. Ele sabe que, se precisar de mim dentro e fora de campo, vou estar sempre à disposição. Então eu gostaria muito de ficar mesmo”, disse em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Alemão teve passagem pelo futebol italiano e dupla nacionalidade. Além da situação do coronavírus no Brasil, o atacante do Bugre está atento ao noticiário na Itália e tem feito contato constante com os amigos na Europa.

“Eu tenho acompanhado, sim, essa pandemia na Itália. Ontem, o meu ex-empresário italiano fez uma vídeo chamada e a coisa está triste por lá. Ele tem pedido para eu procurar ficar dentro de casa e me alertou sobre a seriedade, porque a Itália está muito triste por tudo o que tem acontecido. Eu fico triste pelos amigos que lá estão. Há outros amigos que ainda jogam”, reiterou.

Alemão encerrou dizendo que aguarda pelo retorno do Campeonato Paulista. ” Eu gostaria muito que o Campeonato Paulista não acabasse e voltasse a acontecer. É terminar aquilo que a gente começou, mas é claro que nós temos que respeitar muito essa doença e respeitar muito as ordens dos órgãos de saúde. Vamos acatar o que for preciso aí e o que o Guarani decidir, o que a CBF decidir e o que a Federação Paulista decidir”, encerrou.

Comente com seu Facebook