No dia em que completa 121 anos de história, a Ponte Preta recebe o Londrina nesta quarta-feira, às 19h, no Moisés Lucarelli, em duelo da 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

DUELO DOS DESESPERADOS
O encontro será um confronto direto de duas equipes que estão buscando deixar a zona de rebaixamento. Com 13 pontos cada, quem vencer pode deixar o Z4, mas ainda torce por uma combinação de resultados. Em caso de empate a situação na tabela pode ficar mais complicada na reta final do primeiro turno.

FÔLEGO PARA KLEINA
Com 26% de aproveitamento em 12 jogos, Kleina soma apenas duas vitórias em sua quinta passagem pelo Moisés Lucarelli e fica pressionado novamente pela falta de resultados. Bons resultados contra Londrina e Confiança, concorrentes diretos contra o rebaixamento, são fundamentais para a manutenção do técnico no cargo.

RETROSPECTO EQUILIBRADO
Será o 14º confronto entre Ponte Preta e Londrina. Cada um venceu cinco vezes e outros três jogos terminaram empatados. O último encontro ocorreu na Série B de 2019 com vitórias por 3 a 1 da Macaca no primeiro turno e no segundo também.

MUDANÇAS NA ESCALAÇÃO
A Ponte Preta conta com o retorno do atacante Rodrigão para enfrentar o LEC. O camisa 99 deve ocupar a vaga de Josiel. Rafael Santos, Léo Naldi, Cleylton e Niltinho também podem ser novidades em comparação ao time que iniciou contra o Botafogo. Márcio Fernandes também deve promover mudanças no Tubarão: Safira volta ao time titular na vaga de Júnior Pirambu. Tárik, suspenso, abre espaço para Pedro Cacho.

PONTE PRETA
Formação: 4-3-3
Variação: 4-4-2, 4-2-3-1
Provável titular: Ivan Quaresma; Felipe (Kevin), Fábio Sanches, Cleylton (Rayan) e Rafael Santos (Felipe Albuquerque); André Luiz, Léo Naldi (Locatelli) e Camilo; Niltinho, Moisés e Rodrigão
Destaque: Moisés
Principal desfalque: Lucas Cândido
Campanha: 13 pontos em 16 jogos (27% de aproveitamento)

LONDRINA
Formação: 4-3-3
Variação: 4-4-2, 4-2-3-1
Provável titular: César; Matheus Bianqui, Marcondes, Saimon e Felipe Vieira; Jean Henrique, Pedro Cacho e Celsinho; Marcelinho, Safira e Lucas Lourenço
Destaque: Safira
Principal desfalque: Tárik
Campanha: 13 pontos em 16 jogos (27% de aproveitamento)

Foto de Diego Almeida/Pontepress

Comente com seu Facebook