O técnico Oswaldo Alvarez é uma unanimidade no futebol campineiro. Além de passagens marcantes pelo Guarani, o professor Vadão acumulou grandes momentos no comando da Macaca.

Seguindo a corrente positiva do Portal CB para Vadão, que enfrenta problemas de saúde, vamos relembrar cinco grandes partidas do treinador no banco de reservas da Macaca.

Vadão é o oitavo técnico que mais dirigiu a Ponte Preta. 129 partidas em quatro passagens com 55 vitórias, 27 empates e 47 derrotas.

5) PONTE PRETA X CORINTHIANS – PAULISTÃO 2014
Após demitir Sidney Moraes, a Ponte Preta contratou Vadão para se recuperar no Paulistão e a estreia foi contra o Corinthians no Moisés Lucarelli. Com gols de Alemão e Ferrugem, a Macaca venceu por 2 a 1 e aliviou a crise de início da temporada. Posteriormente, o treinador foi convidado para comandar a Seleção Brasileira no futebol feminino no projeto Rio 2016.

4) PONTE PRETA X SANTOS – BRASILEIRÃO 2002
O Santos de Robinho-Diego conquistou o Brasileirão de 2002, mas tinha dificuldade de enfrentar a Macaca. A equipe comandada por Vadão foi até a Vila Belmiro e venceu o Peixe com facilidade. Com gols de Basílio e Caíco, a Macaca abriu 3 a 0 e depois ainda sofreu um gol marcado por Robinho.

3) PONTE PRETA X PALMEIRAS – RIO-SP 2002
Um dos primeiros jogos emblemáticos de Vadão com a Ponte ocorreu no Torneio Rio-SP em 2002. A Macaca venceu o Palmeiras de Luxemburgo de virada, por 2 a 1, e fugiu do rebaixamento. Os gols foram marcados por Washington e Orlando.

2) PONTE PRETA X FLUMINENSE – BRASILEIRÃO 2005
Uma das grandes campanhas de Vadão com a Macaca ocorreu em 2005. Foram seis rodadas seguidas na liderança do Brasileirão. Sua despedida ocorreu no confronto contra o Fluminense. O jogo estava empatado em 1 a 1 quando o treinador promoveu Isaías no jogo e venceu por 2 a 1. Depois Vadão foi trabalhar no futebol japonês e deixou o Majestoso.

1) PONTE PRETA X GUARANI – BRASILEIRÃO 2002
A vitória mais emblemática de Vadão com a Macaca não poderia fugir do dérbi. O Guarani carregava uma invencibilidade de 15 anos e chegou a abrir 2 a 0 no primeiro tempo. Mas com gols de Marinho, Lucas Pereira, Basílio e Elivélton, a Macaca conseguiu uma das grandes viradas do clássico e venceu por 4 a 2 sob comando de Oswaldo Alvarez.

Força, Vadão!
Estamos com você.

Reportagem de Júlio Nascimento | Foto de Victor Hafner/Pontepress

Comente com seu Facebook